jesus e a cruz

Jesus Cristo é a Única Esperança

O Evangelista João relata um episódio muito interessante. Ele conta que certa vez Jesus foi a Jerusalém. Lá, o Senhor se dirigiu a um tanque, chamado Betesta, ao redor do qual havia uma grande multidão de doentes, cegos, mancos e paralíticos. Todos em busca de uma solução para suas deficiências físicas. Todos em busca de esperança. O que eles faziam lá? Ora, de tempos em tempos, um anjo do Senhor descia ao tanque, e agitava as águas. O primeiro que conseguisse entrar na água, era curado de qualquer doença. Por alguns momentos, Jesus ficou parado ali, contemplando aquela cena desesperadora. Como os aleijados conseguiriam entrar rapidamente no tanque, quando o anjo descesse? Eles teriam de ser rápidos! Afinal, só um era curado. E os cegos? Conseguiriam passar na frente dos outros?

Dentre os desesperados, havia um homem enfermo há trinta e oito anos. Era paralítico. Jesus se aproximou dele, perguntando-lhe: Queres ser curado? É lógico que a resposta foi positiva. Mas ele não esperava que Jesus fosse curá-lo. O homem simplesmente relatou a Jesus suas dificuldades de entrar no tangue. Não havia ninguém para colocá-lo ali. Cada qual se preocupava somente consigo mesmo. Acotovelavam-se para entrar na água. Disse ele que todas as vezes que tentava entrar no tangue, quando o anjo agitava as águas, alguém descia antes dele. Ele esperava que Jesus fosse ajudá-lo a entrar no tangue. Mas o Senhor tinha algo bem melhor e eficiente: “Levanta-te, pega a tua maca, e anda”. Que palavras maravilhosas! Palavras de esperança.

Essa história está relatada no Evangelho de João 5.1-8.

Nós não temos o poder de curar as pessoas. Somos incapazes de resolver os problemas daqueles que sofrem. Mas podemos ajudá-los a entrar no tanque. Ou melhor: podemos levá-los aos pés de Jesus. Ele restaura! Ele cura as feridas emocionais e físicas. Só Ele tem palavras de vida eterna.

Uma breve leitura nos Evangelhos revela inúmeras palavras de esperança, proferidas por Jesus. Ao paralítico, Jesus disse: “Levanta-te, pega a tua maca e anda.” Ao homem cujo filho estava à beira da morte, afirmou: “Vai, o teu filho viverá”. À mulher cujo coração estava destroçado, com muitas feridas emocionais, garantiu: Eu sou a água da vida. À mulher adúltera, condenada à morte pelos religiosos da época, disse: “Onde estão os teus acusadores? Ninguém te condenou? Nem eu te condeno”. Aos cansados, o Mestre prometeu: “Vinde a mim os que estão cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.” Às pessoas que choravam a morte de seus entes queridos, o Senhor garantiu: “Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê e mim, ainda que morra, viverá.” À mulher prostituta, enquanto era julgada por religiosos, disse: “Perdoados estão os teus pecados.” Ao leproso, deu atenção, dizendo: “Sê limpo”. Ao pai cujo filho era atormentado pelo demônio, disse: “Tudo é possível ao que crê”. Aos discípulos desanimados, afirmou: “No mundo vocês terão tribulações. Mas não se desanimem! Eu venci o mundo.”

Quero desafiar você a ser um sinalizador da esperança de Deus nesse mundo. São tantos os que esperam por um milagre. Muitas são as pessoas que esperam a vinda de um anjo do céu para ajudá-las em suas dificuldades. Mas talvez o anjo demore. Ou, talvez não venha. Mas o Senhor Jesus não falha. Só ele pode aliviar os cansados. Que você seja alguém que carregue os desesperados aos pés Daquele que concede esperança.

Jesus Cristo é a Única Esperança. Essa será nossa campanha nos dias 28 a 31 de Outubro. Não fique fora dessa mobilização. Convide alguém para participar conosco. Ore. Peça para o Senhor fazer de você um condutor de esperança.

Que essa campanha seja um brado de esperança!

Pr Luciano R. Peterlevitz

Posted in Pastorais, Posts and tagged , , , , , , , , , .